Joanete o melhor é prevenir…

 

O problema é genético, mas tem como melhorar sem cirurgia.

Sabe aquele calombo no dedão? A inflamação óssea, conhecida como joanete, causa dores e inchaços, mas pode ser resolvida sem cirurgia.

É recorrente em pessoas que tenham pais ou parentes com a mesma condição e também ocorre quando há uso excessivo de sapatos com bico fino, salto alto ou tiras que prendam os dedos. O problema é comum após os 40 anos, mas pode ocorrer em qualquer faixa etária.

Estudo da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, apontou que as mulheres são as que mais sofrem de dores nos pés e que a idade é um fator agravante. Outra pesquisa, da fabricante de palmilhas sob medida Pés Sem Dor, mostrou que 31% dos brasileiros entrevistados apresentava problemas nos pés.

O primeiro passo para se livrar do joanete é parar de usar sapatos apertados. O pé tem de se movimentar dentro do calçado.

Pessoas que já sofrem com o joanete precisam utilizar talas especiais indicadas por um podólogo. A tala ajuda a corrigir o deslocamento do osso e impede que o joanete se desenvolva.

Exercícios especiais ajudam na reabilitação de quem já tem joanete, corrigindo e melhorando o aspecto do osso. Procure um fisioterapeuta ou especialista para verificar os mais adequados ao seu grau do problema.

Algumas almofadinhas também auxiliam na proteção do dedo, evitando que o joanete piore ou aumente.

Na hora de praticar esporte, é importante escolher um calçado confortável, principalmente se for correr ou caminhar longas distâncias. Andar descalço na areia ajuda na prevenção e no tratamento do problema, já que fortalece os dedos e trabalha as articulações.

Cirurgia de joanetes

Mesmo sabendo que joanete tem cura, ainda assim é preciso levar o tratamento a sério. Em alguns casos, apenas a cirurgia pode recuperar a condição normal do dedo.

Pessoas com predisposição genética devem usar sapatos confortáveis e evitar os calçados com tiras ou bico fino. Mulheres que gostam de saltos altos devem optar pelos sapatos meia-pata.

Em caso de dúvidas sempre procurar um médico especialista.

fonte: https://beleza.terra.com.br/corpo-em-forma/joanete-tem-cura-mas-e-melhor-prevenir,48e9e3bd443737aeb9d3e3fb0c57427dvhha5ofs.html

Deixe uma resposta