Dor de cabeça pode ser falta de beber água…

Está ao alcance de todos, não há contra-indicações e só proporciona benefícios ao corpo humano. Por isso cada vez mais os médicos passam a indicar o consumo regular de água. Isso pode evitar muitas doenças, entre elas uma dor de cabeça.

A receita antiga é a mais recomendada: oito copos ao dia para receber os efeitos imediatos. Os benefícios vão desde ao cérebro até ao funcionamento dos intestinos. Por transportar os nutrientes e oxigênio às células, fica difícil mensurar a quantidade de melhorias que seu consumo regular proporciona aos homens.

Para se ter uma ideia, é através da água que as vitaminas e sais minerais são dissolvidos, que os rins são desintoxicado, os músculos ganham flexibilidade, as juntas ósseas são lubrificadas e o corpo é refrigerado.  Isso acontece porque a água é o elemento mais importante, pois é o principal componente da célula e um solvente biológico universal. 

A água é principal componente da célula e um solvente biológico universal

A água é principal componente da célula e um solvente biológico universal

A sede é o principal sintoma de que o corpo está precisando de água, porém existem outros. O cérebro, por exemplo, tem 74% de líquido em sua formação. Se o corpo sente falta d’água, a dor de cabeça pode aparecer assim como moleza e até mesmo confusão mental. Para melhorar, bastam alguns copos d’água. Mas atenção, neste caso a dor de cabeça só passará se o motivo for desidratação.

Outro sintoma da desidratação é que o sangue, que contém 83% de água, também sofre com a falta dela, ficando grosso e aumentando a pressão arterial. A falta de apetite também pose ser associada à falta de água no organismo.

Por isso, a dica é: beba muita água todos os dias!

Deixe uma resposta