5 alimentos que podem causar ansiedade e 3 que ajudam a acalmar…

Irritabilidade, tensão, dificuldade de se concentrar e de dormir são alguns dos sintomas característicos do Transtorno da Ansiedade Generalizada (TAG), segundo o manual de classificação de doenças mentais.

A ansiedade é um sentimento comum e até mesmo útil ao ser humano. No entanto, causa graves complicações físicas e mentais quando se apresenta de forma crônica, por meio de crises recorrentes e sem motivos aparentes. Neste caso, buscar ajuda médica é fundamental para combater o problema.

E além de contar com o apoio e orientação de profissionais da saúde, o paciente que sofre de ansiedade pode adotar hábitos que favorecem o tratamento, incluindo cuidados com a alimentação.

Adotar hábitos alimentares mais saudáveis ajuda a diminuir a sensação de ansiedade. Os bons alimentos, quando consumidos dentro uma dieta balanceada, ainda melhoram a qualidade do sono, um dos primeiros fatores a serem afetados ansiedade crônica.

Alimentos que ajudam a diminuir ansiedade

Quem sofre de ansiedade pode experimentar alívio dos sintomas ao incluir no cardápio opções como:

Frutas: alimentos ricos em antioxidantes como frutas vermelhas e cítricas ajudam a proteger células cerebrais, contribuindo para o bom funcionamento do sistema nervoso central. A vitamina C, também presente nesses alimentos, diminui a secreção de cortisol, hormônio liberado em situações que geram estresse e ansiedade.

Cereais integrais: por apresentarem carboidratos complexos, alimentos como arroz, aveia e trigo ajudam a manter o nível de açúcar no sangue equilibrado, fator responsável pela sensação de calma prolongada.

Proteínas vegetais: ervilha, soja, lentilha e feijão são alguns exemplos de proteínas vegetais que atuam na regulação de serotonina, conhecido como hormônio da felicidade, por promover a sensação de relaxamento e bem-estar.

Alimentos que intensificam a ansiedade

Mas como determinados alimentos ajudam a tratar a ansiedade, outros podem piorar a condição. Saiba quais são os tipos de comidas que devem ser evitadas por quem sofre com a condição.

Açúcar: quando comemos alimentos ricos em açúcar, a insulina sobre e logo temos energia. Este pico, no entanto, também cai muito rápido, agravando a ansiedade e o cansaço.

Cafeína: em excesso, a substância presente em café, refrigerante e alguns tipos de chá desregula nosso relógio biológico e aumenta o cortisol (hormônio do estresse), aumentando o nervosismo e a ansiedade.

Sódio: bastante comum em grandes quantidades em produtos industrializados e temperos prontos, o elemento aumenta adrenalina, que também leva a mais ansiedade, estresse e agitação.

Álcool: inicialmente, você pode até sentir certo relaxamento ao consumir alguma bebida alcoólica, mas o efeito é momentâneo. O álcool, na verdade, atrapalha a produção de serotonina, neurotransmissor do prazer, calma e bem-estar. Além disso, desidrata o organismo e aumenta crise de ansiedade.

Gordura trans: presentes em produtos industrializados comuns, como margarina, bolachas recheadas, entre outros, elas podem, quando consumidas em excesso, piorar sintomas de ansiedade.

Cuide-se! Uma alimentação balanceada pode auxiliar em muitos itens da saúde.

Fonte: www.msn.com/pt-br/saude/mente-saudavel/5-alimentos-que-podem-causar-ansiedade-e-3-que-ajudam-a-acalmar/ar-AAHQfKl?ocid=spartandhp

Deixe uma resposta